Aeroporto de Confins aguarda melhorias para receber 10 milhões de passageiros

Aeroporto de Confins aguarda melhorias para receber 10 milhões de passageiros Geórgea Choucair – Estado de Minas
O Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins) deverá receber cerca de 10 milhões de passageiros anuais até 2014, ano da Copa do Mundo no Brasil. É quase o dobro do número de passageiros transportados atualmente, em torno de 6,3 milhões de pessoas por ano, conforme estimativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais. Até 2037, a secretaria estima que o aeroporto receba cerca de 37 milhões de passageiros. Para atender esse aumento explosivo de demanda, há urgência nos investimentos na expansão dos terminais. A aquisição de bens e a contratação de obras e serviços de engenharia necessários à infraestrutura aeroportuária terão maior flexibilidade nos processos licitatórios, segundo texto da Medida Provisória (MP) 489, baixada semana passada, que cria a Autoridade Pública Olímpica (APO). A nova figura é um consórcio público que vai cuidar dos projetos necessários para realização dos jogos olímpicos e paraolímpicos de 2016.
O Ministério da Defesa esclarece, no entanto, que as licitações não vão ser abolidas e nem os controles já existentes. O Ministério afirmou em nota que ainda é prematuro citar valores de investimentos e obras que venham a ser executadas com base em alguma das medidas de flexibilidade proporcionadas pela MP. O subsecretário de Assuntos Internacionais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas, Luiz Antônio Athayde, afirma que qualquer processo para acelerar as obras para a ampliação do aeroporto de Confins é bem-vindo. “Já estamos solicitando as obras há 24 meses. Não podemos esperar a demanda acontecer”, disse. Confins já opera com número de passageiros acima da capacidade de 5 milhões de pessoas. O tráfego no aeroporto cresceu mais de 30% nos últimos 12 meses. Caos aéreoO Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) alertou que os grandes aeroportos brasileiros vão enfrentar sérias dificuldades de operação antes mesmo da Copa do Mundo 2014. Confins faz parte da lista de aeroportos que já opera acima da capacidade. Segundo o sindicato, em 2009, a demanda de passageiros no aeroporto foi de 5,5 milhões de pessoas ao ano, portanto além da capacidade de transporte dos terminais é de 5 milhões de pessoas. A Infraero planeja investir em Confins quase R$ 400 milhões até a Copa de 2014. O plano do governo é capacitar o aeroporto para servir de apoio para o corredor multimodal de tecnologia que pretende desenvolver no Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte (área do aeroporto de Confins, Lagoa Santa e municípios próximos). O corredor vai contar com investimentos em sete setores potenciais: defesa e aeroespacial, ciências da vida (nanotecnologia, biotecnologia, equipamentos médicos e farmacêuticos), tecnologia de informação (serviços de suporte de TI e desenvolvimento de softwares), componentes eletrônicos, turismo de negócios, educação e parques de logística de distribuição e comércio atacadista). Esses setores devem atrair investimentos de US$ 21,9 bilhões, sendo US$ 15,3 bilhões em manufatura e serviços e US$ 6,6 bilhões em pesquisas.
Myspace Glowing text

Um comentário em “Aeroporto de Confins aguarda melhorias para receber 10 milhões de passageiros

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente