Arquiteta dá dicas de decoração para pequenos apartamentos

  CorreioWeb – Lugar Certo  
Divulgação
Decorar apartamentos pequenos é sempre um desafio, pois é preciso planejar bem os ambientes para não deixá-los pesados e com aparência de menores do que já são. Os imóveis estão cada vez mais reduzidos e a preferência por quitinetes é uma tendência devido ao valor elevado do metro quadrado, principalmente nas capitais. Para não abrir mão do conforto e aconchego é fundamental ter alguns cuidados e, pensando nisso, a arquiteta Vanessa Trad dá algumas dicas. A primeira orientação da arquiteta é medir os cômodos e planejar a disposição dos móveis. “A escolha do mobiliário deve ser criteriosa para não deixar o ambiente parecendo menor do que ele já é. Geralmente esse tipo de planta exige que os móveis sejam desenhados sob medida, para serem adaptados ao local. Opte por mobiliários pouco profundos, de preferência multifuncionais como pufs, que servem tanto de apoio lateral, quanto de lugares extras na sala. Lembre-se também, que a quantidade de móveis deve ser a menor possível para haver um espaço bom de circulação”, explica. De acordo com Vanessa Trad, a cor também influencia na amplitude de um cômodo. “Pinte a maioria das paredes em tons claros e opte por tecidos neutros nos mobiliários maiores. As cores fortes podem estar nos objetos menores de decoração e em alguma parede isolada”, orienta. Além disso, a escolha do piso também é muito importante; tábuas ou tacões podem ser colocados no sentido do comprimento, ajudando a alongar o ambiente. O mesmo piso pode ser utilizado para toda casa, para criar uma união entre os ambientes. A especialista diz que é a mudança pode ocorrer apenas nas áreas molhadas. Outra dica é colocar espelhos em lugares estratégicos, aumentando a sensação de espaço. Eles dão continuidade e podem ser usados em qualquer cômodo da casa. A iluminação também é um artifício super importante na decoração dos imóveis pequenos. Quando bem planejada, a iluminação pode dar a sensação de amplitude e aconchego. Utilize lâmpadas amareladas que são mais calorosas nos ambientes secos e as fluorescentes brancas nas áreas molhadas e de serviço. “Essas são dicas básicas para quem tem vontade de deixar o seu cantinho mais aconchegante, mas, é importante frisar que um bom projeto e a orientação de um profissional, é parte imprescindível na hora de planejar qualquer residência”, conclui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente