Bom negócio: imóvel na planta valoriza até 30%

Bom negócio: imóvel na planta valoriza até 30%
Comprar um imóvel na planta, com planos de revenda na entrega das chaves, está se tornando prática comum no mercado imobiliário de Belo Horizonte. A valorização, neste tipo de investimento, chega a 30%, após 30 meses, período previsto para a construção total de um empreendimento. Um imóvel que, vendido por R$ 400 mil na planta, valerá de R$ 500 mil a R$ 520 mil, após 30 meses e pronto. “Se o cliente quiser repassar o imóvel, ele pagará R$ 100 mil nas prestações, sem juros, até as chaves e o apartamento dele estará valendo até R$ 520 mil”, explicou. A tendência de mercado, para quem enxerga no imóvel um ativo, é que a valorização na planta continue. Isso porque, existe a escassez de fração ideal (terrenos) em áreas disputadas de Belo Horizonte e região metropolitana. “Oitenta por cento das pessoas que fazem aquisição na planta são de imóveis destinados a moradia própria. O restante é de investidores”, diante dos 36 empreendimentos da empresa vendidos na planta, na capital, nos últimos dois anos. O presidente da Câmara do Mercado Imobiliário (CMI/Secovi), Ariano Cavalcanti de Paula informou que a compra do imóvel na planta é um excelente negócio. “O cliente que comprou um imóvel na planta há quatro anos, na faixa de R$ 480 a R$ 500 mil no bairro Funcionários, hoje está valendo de R$ 980 a R$ 1 milhão”, comparou. O bom negócio atinge imóveis de todas as faixas. Para Ariano Cavalcanti, a vantagem do imóvel na planta é a flexibilidade na escolha do financiamento, o parcelamento até a entrega das chaves e possibilidade de personalizar a área interna. Se o investimento pode enfrentar uma bolha futura, como aconteceu nos Estados Unidos, Ariano Cavalcanti afasta a possibilidade. “O mercado imobiliário vegetou durante 20 anos e o estrago é que ele representou uma demanda que quando aflora não encontra oferta que faça contrapartida”, justificou o alvoroço atual.  Tem repasse com três meses  O apelo da valorização do imóvel na planta está tão irresistível que tem gente comprando no lançamento e repassando a unidade de dois a três meses após a aquisição. Investidores com esse perfil não faltam. “Três meses após o lançamento já começa com uma valorização dependendo dos prazos e a pessoa solicita a revenda do apartamento”,  Mas o ideal é o consumidor aguardar até as chaves para ter a valorização cheia. (HL) Glitter text generator Fonte: Jornal O Tempo

6 comentários sobre “Bom negócio: imóvel na planta valoriza até 30%

  1. Ta bom… Eu comprei um apartamento na planta e paguei a entrada (20%). Durante a obra, o saldo devedor subiu em aproximadamente 40% (INCC). Os apartaemntos da região, onde ocorrerá as olimpíadas tiveram uma valorização de 30%. No entanto, o apartamento foi avaliado a um preço de 80% do saldo devedor. O prejuizo está em torno de 120% do investimento inicial (a entrada).
    Apartamento na planta? Nunca faça essa burrada! Leia atentamente as dicas de economistas sobre esta questão.

    1. Olá Leonardo;Boa Tarde!
      Lamento realmente o fato ocorrido com voce.
      Mas nao entendi a parte da desvalorizaçao….sou especialista em lançamentos na planta e a coreçao de INCC neste patamar de 40% foi em qual periodo?Voce tem um corretor especialista no assunto?
      Sinceramente gostaria de poder ajudá-lo,caso queira uma consultoria no sentido de corrigir essa sua desvalorizaçao,basta me ligar terei muito prazer em ajudar.

      1. Só valoriza 30% se a pessoa compra na planta pagando a vista ou dando uma entrada de 60% ou mais, fora isso a valorização é bem menor.

  2. Comprei um apartamento de 3 quartos na planta, no vila da serra, em rua fechada, na área mais valorizada do bairro. A construtora é sólida e o padrão é superior. Estou tentando repassá-lo a quatro meses através de duas grandes imobiliárias e não tive, até o momento, nenhuma oferta. O que poderia ser feito para impulsionar a venda?

  3. Boa noite! Sera que vc pode me ajudar? Comprei um apartamento na planta paguei todas as parcelas e dei 40.000,00 a mais num total de 105.000,00, pretendia usar uma carta de crédito para quitar a dívida, só que subiu muito, agora preciso financiar um valor alto por 30 anos, estou desesperada. Sera que vale a pena arriscar e depois vender em um prazo de menos de um ano?
    Por favor me ajude!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente