Caixa aumenta recursos para habitação no 1º bimestre de 2010

Entre os meses de janeiro e fevereiro de 2010, a Caixa Econômica Federal destinou um total de R$ 8,51 bilhões para o crédito imobiliário no Brasil, para 143.035 contratos diferentes, considerando todas as fontes de recursos de habitação. O valor representa 108% do que foi destinado no mesmo período no ano passado. Desse valor, R$ 5,57 bilhões foram contratados em financiamentos para aquisição ou construção de imóveis individuais, e R$ 2,94 bilhões foram aportados em financiamentos para a produção de imóveis. A contratação habitacional deste primeiro bimestre de 2010 já se equipara a toda a contratação realizada no ano de 2005, que foi de R$ 8,49 bilhões. A Caixa havia encerrado o ano de 2009 com a maior contratação habitacional de sua história, participando de 72% de todo o crédito imobiliário do mercado. O volume de financiamentos fechou em R$ 47,05 bilhões, dos quais R$ 14,1 bilhões foram destinados ao Programa Minha Casa, Minha Vida. Foram beneficiadas 896.762 famílias, sendo 275.528 destas dentro do Programa. Esse volume de crédito foi 102 % superior ao de 2008 e 9,4 vezes o realizado em 2003. Apenas no Estado de São Paulo, foram financiados 34.766 imóveis no primeiro bimestre de 2010, no valor de R$ 2,6 bilhões. As linhas de crédito habitacional com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço alcançaram mais de R$ 1,2 bilhão, com 10.989 financiamentos. Para os créditos habitacionais com recursos da poupança (SBPE), o volume foi de R$ 1,45 bilhões no Estado – a quantidade de unidades habitacionais financiadas pela modalidade chegou a 17.058.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente