Como proteger móveis externos da ação do tempo

Móveis e objetos expostos ao sol e à chuva precisam de cuidados especiais, mesmo sendo propícios à exposição ao tempo. Após um longo período de exposição à chuva e ao sol, mesmo sendo propícios à exposição ao tempo, o piso, os móveis e os objetos da área externa precisam de cuidados especiais. Madeira – Por mais que os móveis de madeira tenham o tratamento adequado, com acabamento resistente à umidade e radiação solar, com produtos específicos para esse fim, inclusive contra ataques de microorganismos, a melhor forma de conservá-los é protegê-los das intempéries (sol, chuva e umidade) quando não estão sendo utilizados, alocando-os em lugar coberto, ventilado e seco. É preciso, também, estar atento ao prazo para a manutenção e reaplicação periódica do produto, em geral, a cada dois anos. Para os pisos tipo deck, o prazo para reaplicação é menor, entre 12 e 18 meses. “A madeira, que é uma matéria-prima orgânica, modifica-se no dia a dia. O aparecimento de fendas, rachaduras e o escurecimento fazem parte do seu processo natural. Com as variações de temperatura, a umidade e as mudanças climáticas tudo isso fica mais evidente, inclusive, com a retração e dilatação da madeira”, explica a arquiteta Andréa Parreira. Alumínio – Os produtos de alumínio, também muito utilizados em áreas externas, são bastante resistentes à oxidação proveniente da umidade e não sofrem tanto com as corrosões. “Para conservá-los novos por muito mais tempo, a dica é guardá-los limpos e secos após o uso e usar preventivamente os polidores de alumínio, que retardam o surgimento de manchas”, diz a arquiteta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se e receba mais informações sobre o lançamento!!

 

 

Fale com a gente