Google é intimado por coletar dados via Wi-Fi-Eu vi os carros deles rodando em BH,voce viu?

Carros da empresa capturaram dados de internautas em vários países, inclusive no Brasil

O procurador-geral do Estado de Connecticut, nos Estados Unidos, pediu informações ao Google nesta segunda-feira (7) sobre se a empresa coletou dados pessoais e de empresas sem permissão, por meio de redes de internet sem fio (Wi-Fi). Os carros do serviço Street View, que exibe imagens em 360º das ruas, capturaram essas informações. No mês passado, o Google informou que havia, por erro, recolhido dados pessoais de redes sem fio, incluindo no Brasil, e ordenado que a prática fosse abandonada. A empresa diz que o software usado nos carros tem um código, supostamente colocado ali por engano, que permite obter as informações trocadas pelos usuários por meio da internet, mas negou ter usado esses dados em seus produtos. O problema atingiu apenas internautas que deixam sua conexão desprotegida, sem o uso de senhas. Em carta enviada ao advogado do Google, o procurador Richard Blumenthal pediu informações detalhadas sobre quaisquer dados coletados de redes Wi-Fi no Estado e como as informações foram usadas. Ele diz que vai “avaliar se houve violação de leis”. – A coleta de dados de redes Wi-Fi abertas aqui é muito perturbadora, potencialmente uma invasão de privacidade. O Estado do Missouri também abriu um inquérito sobre o caso, na última sexta-feira (4). Países como Austrália, Itália e Alemanha já anunciaram que vão investigar o caso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente