Imóvel na planta – Desisti de comprar e agora?

d069e3ece74413510cb7b345fcea391d.jpg

Desisti de comprar e agora? Mesmo após assinar o contrato de compra, tanto o consumidor que adquiriu o Imóvel na planta quanto à construtora, pode desistir da compra. O Tribunal de Justiça assegura o direito de rescisão contratual e determina às condições de negociação para dos envolvidos de acordo com o motivo da desistência, mesmo que o contrato afirme o contrário. Os principais motivos de desistência são atraso na entrega do Imóvel na planta que ultrapasse o tempo previsto em contrato, impossibilidade de continuar pagando, não obter financiamento, desvalorização do Imóvel na planta, entrega de um Imóvel na planta diferente do que consta no memorial descritivo e falta de pagamento do consumidor. Em caso de desistência por parte do consumidor, ele deve notificar a construtora através de um contrato de distrato que deve ser feito por escrito, e tem por objetivo extinguir as obrigações estabelecidas no contrato anterior. O distrato pode ser solicitado até a data de entrega das chaves. Com chaves em mãos não se pode mais devolver o bem à construtora. Se o distrato é solicitado por culpa da construtora, o cliente tem direito a receber 100% do valor pago corrigido. Se ocorrer por culpa do comprador, a construtora pode reter até 25% do valor pago corrigido, a título de despesas administrativas e multa. Se a construtora quiser reter mais do que 25% do valor pago, você pode recorrer ao Judiciário e não assinar nenhum acordo com a construtora. Se você ainda não comprou seu Imóvel na planta pode encontrar muitos lançamentos à venda na planta. Fonte: AGENTE IMÓVEL

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se e receba mais informações sobre o lançamento!!

 

 

Fale com a gente