Minas vai ganhar complexo urbanístico integrado inédito

 (Perspectiva/Divulgação)
Minas Gerais está prestes a ganhar um complexo urbanístico inédito, que vai integrar todas as atividades da vida diária, do trabalho ao lazer, incluindo a habitação. Localizado no município de Caratinga, no Leste mineiro, o Parques do Vale é um novo conceito de morar e viver. “É uma nova centralidade urbana, planejada, organizada e segura, assim como Ipatinga, cidade vizinha, foi um dia”, explica o gerente de Empreendimentos Imobiliários da Egesa Engenharia, João Olyntho Ferraz Neto. Instalado próximo à Lagoa Silvana – lago natural de 400 hectares cercado por mata atlântica preservada -, o empreendimento será distribuído em 10 glebas, divididas em área de lazer, habitacional, comercial e industrial, com estruturas complementares como creches, escolas, hospitais, posto policial e transporte público, além de outros serviços de conveniência. Os lotes variam de 300 a 5 mil metros quadrados e a área total ultrapassa os 5 milhões de metros quadrados. O projeto foi desenvolvido a partir dos ideais de planejamento urbano, focado principalmente na qualidade de vida. “O objetivo é oferecer tranquilidade, conforto e segurança, com uma infraestrutura completa para morar, conviver, trabalhar, comprar e se divertir. É isso o que as pessoas encontrarão no Parques do Vale”, ressalta João Ferraz Neto. O condomínio será lançado este mês e, até o momento, já foram investidos R$ 200 milhões, entre a compra do terreno e a viabilização da infraestrutura básica. A previsão é que sejam aplicados mais de R$ 620 milhões. O empreendimento será administrado num sistema de autogestão, e terá saneamento básico, drenagem pluvial, abastecimento de água e macrossistema viário.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente