Mude sua casa para viver um ano novo

Reprodução planoeplano.com.br
Uma das dicas é fazer da sua sala de estar o cartão de visitas da sua casa
A um mês da chegada do ano novo, muita gente começa a fazer uma série de mudanças na vida e, na maioria dos casos, essas transformações começam em casa. È neste momento que acontece aquela renovação na decoração dos cômodos para receber o novo ano. “Esta arrumação do ambiente exterior expressa um desejo íntimo de remover os excessos, os objetos sem utilidade e de reorganizar o espaço que nos cerca, acreditando que, assim, estaremos bem preparados para a chegada do novo ano”, defende a arquiteta Ana Carolina M. Tabach, diretora de projetos da C + A Arquitetura e Interiores. As mudanças podem ser sutis ou radicais: trocar quadros de lugar, renovar as fotos dos porta-retratos, modificar a arrumação dos móveis, trocar uma poltrona de lugar; pintar paredes que necessitem de uma nova mão de tinta, escolher uma parede para ganhar uma nova cor ou renovar as plantas do interior da casa. Pensando em facilitar este processo de mudanças, a equipe da C+ A Arquitetura e Interiores listou algumas dicas que podem ajudar nos preparativos de final de ano: – Dê uma cara nova à sua sala de jantar Atualmente, a sala de jantar vem perdendo aquela conotação de ambiente reservado para ocasiões especiais, a formalidade deste espaço vem diminuindo. A tendência é que este ambiente se torne mais casual e integrado ao restante das áreas sociais das residências e apartamentos. Por menos imponente que seja, uma sala de jantar é sempre mágica, pelo poder de reunir amigos e familiares. “Por isto, para receber muito bem os seus convidados, além de cuidar da decoração, você pode caprichar nos acessórios, comprando louças especiais e algumas peças decorativas, que podem ser substituídas periodicamente, como esculturas, garrafas de vidro ou cristal, peças menos usadas de um serviço de jantar antigo, velas ou arranjos florais”, recomenda a arquiteta Ana Paula Perez; Inspire-se em projetos de salas de estar e jantarFaça da sua sala de estar o cartão de visitas da sua casa Não importa o tamanho, a sala de estar deve ser um lugar aconchegante, uma vez que é o espaço onde se pode ler um livro, descansar, reunir a família ou receber os amigos. A sala é uma áreas mais frequentadas da casa. É um espaço multifacetado que precisa estar preparado para receber bem os moradores da casa e os visitantes. Para elaborar um bom projeto de interiores para este espaço, é preciso harmonizar fluxos, zoneamento, área livre para circulação, móveis bem dimensionados e distribuídos. “Um dos fatores que influi diretamente no bem-estar dos moradores e visitantes é a cor empregada neste ambiente. Uma das primeiras decisões a tomar quando se redecora uma sala de estar é decidir os tons que vão dar personalidade a este espaço. Há os que preferem fugir das paredes brancas, mas a verdade é que esta cor cria um efeito visual intenso e amplo, principalmente se for aplicada também nos sofás, móveis e em outros elementos. Se a decisão for pelo uso de outros tons, o ideal é escolher cores versáteis – castanhos, beges – que caem bem com quase todas as demais. As cores mais vivas – laranja, amarelo, azul forte – devem ser reservadas para detalhes”, explica Ana Paula Perez. – Faça da sua varanda um ponto de encontro As varandas dos apartamentos cresceram, ficaram maiores e muito mais bonitas. O que era antes apenas um espaço entre ambientes internos e externos, agora é atração nos apartamentos modernos. Cidades litorâneas como Rio de Janeiro e Salvador já exploravam esse recurso para ampliar a sala de estar, aumentando o contato com o ambiente externo e valorizando o imóvel. Este comportamento se tornou uma tendência, adotada até em cidades com clima menos favorável, como São Paulo. O recurso de amplas varandas visa ampliar o espaço, destinando-o ao lazer com a família e os amigos. “Uma medida que pode transformar a varanda em um lugar muito aconchegante é a substituição dos pisos cerâmicos por revestimentos mais nobres, como um porcelanato rústico, mármore com decks de madeira sobrepostos. O piso em carvalho rústico é resistente e de fácil manutenção. A madeira de demolição também tem sido muito empregada nestes espaços, ou mesmo, optar pelos revestimentos cerâmicos que imitam madeira e são ecologicamente corretos”, destaca Ana Carolina Tabach; – Organize o seu home office A tendência de trabalhar em casa se tornou uma realidade. Hoje, é cada vez mais comum a casa se transformar num substituto do escritório ou a extensão dele. Com a tecnologia jogando a favor, na tranquilidade do lar é possível trabalhar diariamente, pesquisar na Internet ou simplesmente ler e-mails. Seja qual for o propósito da criação do home office, é muito importante organizar um espaço funcional e aconchegante com todo o conforto e livre de improvisos. Arrumar a casa para liberar espaço para a montagem do escritório doméstico é uma sugestão óbvia — mas muitos acabam não fazendo isso. “Jogar fora coisas que não se usa mais costuma liberar de 15% a 20% de espaço. O escritório doméstico deve ser funcional, mas acima de tudo agradável e confortável, com a virtude de ocupar uma área reduzida. O fundamental é que não lembre nem um pouco os escritórios convencionais, aonde o profissional é obrigado a ir todos os dias”, defende a arquiteta Ana Paula Naffah Perez, diretora de projetos da empresa. – Invista em acessórios para o lavabo Quem tem, não dispensa. Quem não tem, gostaria de ter um. Se esse é o seu caso, saiba que existem diversas possibilidades para transformar um cômodo da casa em um lavabo. Um banheiro a mais em casa é sempre bom para quem costuma receber amigos com freqüência. Todos ficam mais à vontade, você e as visitas. “Para dar uma cara nova ao seu lavabo, invista em acessórios para a bancada, como suporte para toalhas, porta sabonetes e nos acessórios em geral: quadros, vasos solitários e algum objeto inusitado que agregue humor e criatividade ao ambiente. Procure materiais diferentes para revestir as paredes e fuja das cerâmicas. Como se trata de um ambiente social, quase uma extensão da sala, não há necessidade de utilizar materiais impermeáveis”, explica Ana Carolina Tabach; – Mantenha o clima de romance no quarto de casal Não há nada como nos deitarmos numa cama com lençóis lavados, suaves e perfumados, por isso, dê especial atenção à roupa de cama. Além dos habituais jogos de algodão ou flanela, invista em lençóis de seda ou de linho egípcio para noites especialmente românticas. Um bom edredom é essencial, assim como uma capa reversível, que permite “vestir a cama”, conforme o estado de espírito do casal. Para complementar o visual, podem ser compradas almofadas alegres e confortáveis e uma manta para os pés da cama. “Para manter um ar romântico, mantenha o quarto organizado, a cama bem arrumada, velas, caixinhas para guardar relógios, jóias e bijouterias. Cuidar da arrumação, da limpeza, da ventilação, da decoração e da iluminação é primordial para que o quarto tenha uma energia agradável, seja aconchegante, convidativo e íntimo. Se conseguirem resistir à tentação, não coloquem uma televisão no quarto. É possível optar apenas por um sistema de som para ouvir uma música tranquila antes de dormir. Mas, se o casal for amante de novas tecnologias, pode optar por um home theater e uma TV de Led, desde que o espaço seja suficiente para comportar esses aparelhos”, explica Ana Paula Perez; – Não abra mão de um sofá confortável para ver TV A velha sala de TV transformou-se numa sala de cinema em casa: o home theater. O espaço é um ambiente planejado para o conforto e o prazer. É um lugar especial, onde a família e os amigos se reúnem para assistir filmes, shows e competições esportivas, como se estivessem no cinema, no teatro ou no estádio de futebol. “O sonho de consumo de muitos pode ser concretizado no momento da montagem do home theater. Os sofás ganharam, nos últimos anos, linhas mais horizontais e retas. Estão mais baixos, amplos e confortáveis. Antes, destinados apenas para sentar, agora, são usados também para deitarmos. Por isto, o conforto do sofá é um item essencial, pois alguns filmes e shows têm uma longa duração. No home theater, modelos com chaises acopladas são muito usados”, diz Ana Carolina Tabach;

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente