Quarto de bebê feito por adulto

Uma suíte em pequenas proporções garante um sono tranqüilo

Uma suíte para o bebê sem cores fortes, mas abusando da marcenaria nos armários do quarto e na bancada do banheiro. Com idéias estéticas e ao mesmo tempo funcionais. Essas foram as características escolhidas pela decoradora Elizabeth Rodrigues: um dormitório com prateleiras e estantes em madeira, pintadas de branco, feitas com módulos. No restante da decoração ela seguiu as mesmas tendências: nas persianas de madeira, nas texturas das paredes (que recebem detalhes similares a pequenas molduras), em prateleiras rentes às janelas e até mesmo no piso, com tonalidade clara, dando sempre um ar de limpeza. No espaço deixado por um antigo armário, cria-se um closet. Para completar, um banheiro funcional e prático, criado pelas arquitetas Marta Oliveira, Mara Chap e Nide Barros. Os módulos do quarto ficam suspensos em estruturas metálicas presas à parede. Os ganchos que fazem a ligação são presos aos módulos por simples parafusos, sendo recomendável o uso de madeiras com espessura de, no máximo 15 mm, por causa do peso. Aos móveis fixos somam-se os gaveteiros com rodízios, que podem estar junto ao trocador ou ao banheiro para conferir maior agilidade na hora do banho do bebê. Outra idéia interessante é a de criar uma prateleira fechada exclusiva para os remédios, podendo, ainda, trazer detalhes em vidro na porta. Próximo à banheira não podem deixar de ser reservados os espaços para as toalhas, as roupinhas que o bebê irá usar, para os principais produtos do banho e cestos para roupas sujas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente