Saiba como decorar sua casa para o natal com estilo e sem mexer muito no bolso

É só falar em decoração de Natal que a maioria das pessoas pensa em árvores enfeitadas com bolas coloridas, pisca-piscas na janela ou uma toalha vermelha sobre a mesa da ceia. Acostumadas com a tradicional ornamentação da casa no fim do ano, muitas famílias se deixam levar pela praticidade dos enfeites produzidos em série e fazem decorações sem muita novidade. Mas, segundo a designer de interiores Thaís Donato, não é preciso mexer muito no bolso para fugir do óbvio e fazer uma decoração de destaque. A mesa onde será servida a ceia é um dos focos de atenção da festa. Para dar um tom mais alegre e ao mesmo tempo elegante a ela, a designer sugere uma bandeja com copos ou taças diferenciadas. “A gente tem um monte de copo que vai juntando porque perdeu o par, então essa é a hora de usar. A mesa fica bonita e personalizada, pois ninguém vai ter igual”, afirma. Segundo ela, outra forma simples de causar boa impressão na mesa é envolver os guardanapos de papel com uma fita de cetim ou organza. Mas se eles forem de pano, o ideal é um fio de sisal. “Para completar, pode-se colocar um raminho de folhas ou uma rosa envolvidos no fio”, destaca. Esquecer os enfeites prontos e se concentrar em soluções caseiras também pode resultar em uma ornamentação mais atraente, afirma Thaís. Um exemplo proposto por ela é colocar velas de diferentes tamanhos em uma travessa de vidro e enchê-la com bolinhas que imitam pérolas. “É um arranjo barato que dá um ar de requinte ao ambiente”, diz. Ela lembra, ainda, que as velas redondas também viram um belo enfeite dentro de copos ou taças. Para a árvore de Natal, a designer sugere itens diferenciados e não muito carregados. “Ao invés da bola, a pessoa pode colocar pedrinhas que imitam o cristal ou saquinhos de organza amarrados com cetim, o que é muito fácil de fazer”, diz. Veja enfeites de Natal sugeridos pela designer Thaís Donatto Na casa da artista plástica Maria Eugênia Carvalho Silva, o Natal chega mais cedo. Apaixonada pela decoração dessa data, ela começa a ornamentar, em outubro, a residência localizada no bairro Prado, região Oeste de Belo Horizonte. “Eu amo o Natal, então faço  questão de deixar minha casa com muito brilho e criatividade”, diz. Este ano, ela entrou na onda dos enfeites diferenciados e confeccionou uma pequena réplica do Cristo Redentor, que leva as cores do Natal. No jardim, diversos animais feitos em cerâmica por ela mesma e até a boneca namoradeira ganham um gorrinho do Papai Noel. “Às vezes as pessoas andam muito sem vida e a decoração ajuda a reverter isso”, diz. Apostar em novas cores também é uma ótima forma de inovar na decoração natalina, segundo Thaís Donato. Ela acredita que o Natal proporciona essa liberdade e que não há motivos para ficar preso ao vermelho e branco. “A flor Agapanto em tons de lilás é uma boa sugestão para a decoração de Natal. Se a pessoa optar por utilizá-la pode combinar as cores prata e lilás no outros itens da festa”, sugere. Para a designer, o essencial na ornamentação de Natal é a criatividade. “A decoração sensibiliza o olhar e o coração. É importante buscar o diferente e fazer com que esse momento de enfeitar a casa seja prazeroso”, afirma. Para a professora Viviane Coutinho de Oliveira, o dia de decorar a árvore de Natal é também um dia de festa. “Reúno amigos e familiares e montamos tudo juntos”, conta. Ela mora no bairro Coração Eucarístico, região Noroeste de Belo Horizonte, e este ano apostou num enfeite especial produzido em conjunto e com muita diversão. Com tinta, um desenho de uma árvore de natal e muitas mãos, ela e os amigos pintaram um quadro cheio de cores. “Até as crianças ajudaram! Uma amiga que é artista plástica fez o acabamento e o deixou lindo”, afirma orgulhosa. Thaíne Belissa – Portal Uai

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente