Tudo na vida tem o “momento exato”

Tudo na vida tem o “momento exato”. Por isso, não adianta querer ter um filho aos 10 anos de idade, ou aos 90. Existe uma “janela” de tempo que deve ser respeitada — neste exemplo, bastante flexível. Mas será que você não está, neste momento, olhando demais para a vida e fazendo de menos? Será que não está demorando demais para pegar aquela oportunidade? A maioria das situações na vida é o resultado de mudanças graduais. As coisas começam a acontecer e quase não nos damos conta. Então, um dia, o que era gradual e quase invisível passa por uma linha imaginária e, de repente, a gente nota que algo aconteceu, algo mudou. Chegou o momento exato. A janela se abriu. Esse momento exato é muito importante. Em qual momento exato aquela atração imperceptível explodiu e derrubou todas as barreiras, se transformando em uma paixão arrebatadora? Você se lembra da hora, do minuto? Lembra que roupa a pessoa estava usando? Lembra dos olhos dela? Ou já faz tanto tempo que esse amor cresceu e tomou conta de tudo e diversos momentos parecem o momento exato? Por outro lado, o tempo pode ter desgastado o momento exato. Em que momento exato você descobriu uma solução inesperada, elegante, exequível para as turbulências pelas quais você, sua família ou sua empresa passava? O momento exato das coisas que passaram pode até estar esquecido nos porões da memória. Mas o momento exato das coisas que você passará hoje, deve capturar sua atenção. Olhe para o dia de hoje como uma chance para Momentos Exatos. Olhe para o dia de hoje como uma bifurcação na estrada e pergunte para aquela pessoa diante do espelho: qual dos caminhos parece ter mais chances de realizar mais minha vida, meu coração e será lembrado muitos anos, a partir de hoje, como um… Momento exato? Não podemos adivinhar o futuro, mas essa pergunta ajuda a acabar com a “cegueira” no presente. Tenha coragem de escolher o caminho certo, no momento exato. Porque perder a bifurcação certa, na estrada, pode fazer com que você se lembre deste dia como aquele em que você perdeu sua chance, transformando o momento exato… No momento errado! Talvez você enfrente situações constrangedoras — nem todo mundo vai entender o seu momento exato. Mas, como diz Lair Sanches: “É melhor ficar vermelho uma vez, no momento certo, do que amarelo para o resto da vida.”. Cancelar o casamento é ficar vermelho? Trocar de emprego é ficar vermelho? Fazer algo ridículo é ficar vermelho? Trocar de curso universitário é ficar vermelho? Pense na alternativa: amarelo para o resto da vida. Reflita alguns minutos sobre isso: será que você não está demorando d-e-m-a-i-s para pegar aquela oportunidade? Fazer aquela viagem? Abrir seu coração ao amor? Lançar sua carreira? Pegar aquele emprego? Será que você não está deixando o tempo passar? A janela da oportunidade vai se fechar, tenha certeza disso. E depois que for tarde demais, não adianta chorar. Hoje é o dia. Hoje é o seu momento exato. Não deixe a janela se fechar. Agarre este momento como se fosse o último… Porque pode ser que seja mesmo. Por isso, faça seu mundo mudar. Olhe para seu relógio. Que horas são? Este é o momento exato. Texto de Aldo Novak, coach, conferencista e diretor da Academia Novak do Brasil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se e receba mais informações sobre o lançamento!!

 

 

Fale com a gente